Quem somos

Projeto abandonado pelo Legislativo municipal nos últimos anos, o Câmara Itinerante, que leva sessões aos bairros de Salvador, retornou em 2017, entre cinco e seis edições em regiões diferentes da capital baiana.

A vereadora Aladilce Souza foi nomeada coordenadora-executiva do projeto, que foi uma das promessas de campanha do atual presidente da Casa, vereador Leo Prates (DEM).

Aladilce contou que reuniões estão sendo realizadas para que sejam definidos o cronograma e as áreas que o Câmara Itinerante irá. Segundo ela, a ideia é que o projeto passe por todas as regiões de Salvador – onde há prefeituras-bairro – nos próximos dois anos.

“Muitas vezes, a Câmara parece ser uma ilha, onde são tomadas decisões que definem o futuro da cidade, mas sem a devida participação popular. Com a ‘Câmara Itinerante’, esperamos atrair a sociedade para influenciar as discussões e os projetos votados pelos vereadores”, afirmou.

Descrédito

Para Aladilce, o distanciamento da população com a política é um fator que contribui para generalizações e preconceitos sobre a classe política e o descrédito das instituições. “O objetivo é aproximar mais a Câmara da população, ouvir as pessoas, permitir que o cidadão conheça os vereadores”, diz.

Cadastre seu e-mail e receba nossos boletins

Câmara

Presidência

Marcas e Manual

Agenda

Centro de Cultura

Biblioteca

Gestão de qualidade

Transparência

Concurso público

Processos Licitatórios

Frequencia de vereadores

Despesas viagem

Prestação de contas

Leis Municipais